Home / Health ARQ / Construção / Hospital de Câncer de Uberlândia (MG) terá unidade de cuidados paliativos para pacientes em estágio terminal

Hospital de Câncer de Uberlândia (MG) terá unidade de cuidados paliativos para pacientes em estágio terminal

O Hospital de Câncer de Uberlândia terá uma Unidade de Cuidados Paliativos com 42 leitos, destinada a pacientes sem cura e em estágio final da vida. Segundo a presidência da ONG Grupo Luta Pela Vida, que administra o Hospital,  esse será o primeiro centro do país construído exclusivamente para esse fim. A ONG apresentou, na manhã de quarta-feira (3), o cronograma de construção da Unidade. A obra terá um investimento de R$ 8,9 milhões e está prevista para ficar pronta em dois anos.

O anúncio da ampliação do Hospital, feito em abril de 2015, começou a ganhar forma em março desse ano. A Unidade 2 do Hospital ficará em uma área de 9.543 m², onde serão feitos cinco prédios que contemplarão o Centro de Cuidados Paliativos Oncológicos, o Centro de Pesquisas e Diagnósticos, um espaço para ações do Núcleo de Voluntários e a sede administrativa da ONG.

Nessa primeira etapa, com investimento de R$ 8,9 milhões, será feito o Centro de Cuidados Paliativos Oncológicos. O espaço contará com 20 apartamentos duplos e dois simples, somando 42 leitos. Mas, segundo o presidente do Grupo Luta Pela Vida, Renato Pereira, a instituição possui R$ 4 milhões e ainda depende de doações para completar o restante do orçamento da obra.

“O Grupo Luta Pela Vida já conseguiu construir e equipar todo o Hospital do Câncer. Agora estamos iniciando um novo desafio, mas precisamos mobilizar a sociedade”, disse Pereira, acrescentando que, mesmo com orçamento incompleto, a expectativa é antecipar em seis meses o cronograma de construção.

Sobre

Veja também

Obras de reforma do Hospital Regional de Gurupi passam por vistoria

Como parte da implantação do Plano Diretor Estratégico (PDE) no Hospital Regional de Gurupi, o …