Home / Saúde Online / Fabricação de equipamentos e produtos médico-hospitalares cresce 4,1% no primeiro semestre do ano

Fabricação de equipamentos e produtos médico-hospitalares cresce 4,1% no primeiro semestre do ano

 Apesar do fraco desempenho da economia, a produção industrial de equipamentos e produtos médico-hospitalares e odontológicos cresceu 4,1% no primeiro semestre do ano na comparação com igual período de 2013 e subiu 7,6% no acumulado de 12 meses. Houve aumento também de 10% nas vendas (janeiro a maio) e de 3,7% no nível de empregos no semestre, com a geração de 3,3 mil novos postos de trabalho.

Os dados fazem parte de estudo de desempenho do setor realizado pela consultoria econômica Websetorial para a ABIMED – Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Equipamentos, Produtos e Suprimentos Médico-Hospitalares.

Segundo Carlos Goulart, presidente-executivo da ABIMED, embora o país atravesse dificuldades econômicas, o setor está otimista e prevê fechar 2014 com crescimento ao redor 7% a 8% – um pouco aquém dos indicadores registrados nos últimos anos, mas acima da média nacional.

 Produtos estratégicos para o SUS

O estudo confirma ainda uma tendência já registrada desde meados do ano passado, a de queda nas importações. No total do setor houve recuo de 1,35% em relação ao primeiro semestre de 2013, mas a redução chegou a 12,7% no segmento de aparelhos de raio X e que utilizam radiação –  o mais impactado pelas políticas industriais de estímulo à produção local segundo avaliação da ABIMED.

“A queda nas importações deste segmento foi de 33% no acumulado de 12 meses. Tudo leva a crer que esses resultados decorrem das parcerias das empresas privadas com o poder público para a fabricação local de produtos estratégicos para o SUS (Sistema Único de Saúde), como aparelhos de ultrassom, raio X, tomografia computadorizada e ressonância magnética Elas têm sido responsáveis pelas principais mudanças que estão ocorrendo no setor”, analisa Goulart.

Sobre

Veja também

Carlos Eduardo Gouvêa, do IES, fala sobre as ferramentas de Governança e Compliance como estratégia para garantir a sustentabilidade do mercado de saúde

O Brasil avançou rumo a uma maior transparência na área da saúde. É o que …