Home / Saúde Online / Hospital de São José do Rio Preto torna-se a 8º instituição do Brasil a fazer transplante de pulmão

Hospital de São José do Rio Preto torna-se a 8º instituição do Brasil a fazer transplante de pulmão

O Hospital de Base (HB) de São José do Rio Preto tornou-se a oitava instituição do Brasil e primeira do interior do país credenciada para realizar transplante de pulmão. “Estamos prontos para fazer o transplante e receber cadastro de pacientes potenciais a receber órgão”, comemora Dr. Horácio José Ramalho, diretor-executivo da Funfarme – Fundação Faculdade Regional de Medicina, da qual faz parte o Hospital de Base. “Foram três anos de investimentos para capacitar nossos profissionais e dispomos de tecnologia e infraestrutura hospitalares modernas para fazer este transplante tão complexo”, completa o diretor.

Centro transplantador de órgãos e tecidos desde 1990, com mais de 4.200 procedimentos realizados, o HB teve o credenciamento publicado pelo Ministério da Saúde, no Diário Oficial da União (DOU), menos de dois meses depois de receber os técnicos do governo federal e da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo para avaliar a infraestrutura e a equipe multidisciplinar do Serviço e do hospital.

O Serviço do HB de Rio Preto já está à disposição para atender médicos que avaliem ter pacientes com indicação para transplante ou mesmo os pacientes, pelo telefone (17) 3201-5000, ramais 1394, 1281 e 1555 ou pelo e-mail secretaria_tx@hospitaldebase.com.br. Referência nacional na área, o hospital rio-pretense já realiza transplantes de córneas, rins, fígado, coração, pâncreas e medula.

“Temos uma equipe completa e capacitada, inclusive com médicos que passaram períodos no Hospital da Universidade de Toronto, no Canadá, centro de referência mundial em transplante de pulmão, e o hospital nos deu todas as condições para oferecermos o melhor serviço possível às pessoas que precisam tanto do órgão. Queremos iniciar o quanto antes”, diz o cirurgião torácico Henrique Nietmann, coordenador do Serviço, que reúne uma equipe de 20 profissionais, entre cirurgiões, clínicos, médicos intensivistas, anestesistas, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos, assistentes sociais, além do suporte de todas as áreas da instituição. Segundo o pneumologista Rafael Musolino, coordenador clínico do Serviço, atualmente a equipe atende 20 pacientes com doenças como enfisema pulmonar, fibrose pulmonar e fibrose cística.

Além do Hospital de Base de Rio Preto, há outros dois centros em São Paulo, dois em Porto Alegre, um em Fortaleza, um em Salvador e um em Belo Horizonte.

HB de Rio Preto integra um dos maiores complexos hospitalares do Estado

O HB de Rio Preto é o segundo maior hospital escola do Brasil e integra um dos maiores complexos hospitalares do Estado, que reúne também o Hospital da Criança e Maternidade (HCM), o Ambulatório Geral de Especialidades, o Instituto do Câncer (ICA), o hemocentro de Rio Preto e a unidade do Instituto de Reabilitação Lucy Montoro. O complexo realiza uma média de 50.000 atendimentos por mês, sendo centro de referência para 102 cidades da Divisão Regional de Saúde XV, do Estado de São Paulo, mas também recebe pacientes de todo interior paulista e outras regiões do país.

Sobre

Veja também

Carlos Eduardo Gouvêa, do IES, fala sobre as ferramentas de Governança e Compliance como estratégia para garantir a sustentabilidade do mercado de saúde

O Brasil avançou rumo a uma maior transparência na área da saúde. É o que …