Home / Saúde e Bem Estar / Saiba como a saúde bucal influencia em doenças sistêmicas

Saiba como a saúde bucal influencia em doenças sistêmicas

O corpo humano funciona em conjunto, por isso problemas de saúde em uma parte do organismo podem desencadear ou sinalizar outras disfunções em tecidos e órgãos. Estudos realizados pela Fundação Sunstar, detentora da GUM, marca de cuidado bucal no Brasil que está presente em 90 países, comprovam, por exemplo, que a saúde bucal tem uma relação mútua com doenças sistêmicas como diabetes e cardiovasculares.

Confira abaixo como os problemas bucais influenciam em outras doenças comuns:

Doenças Cardiovasculares: entre as descobertas está a detecção de bactérias orais em tecidos cardiovasculares. Ou seja, o descuido com a higiene oral pode fazer com que microrganismos característicos de doenças bucais entrem pela corrente sanguínea e se alojem nos vasos sanguíneos e válvulas do coração. Quando instaladas em tecidos cardíacos já danificados, essas bactérias podem causar a endocardite bacteriana, que são infecções nas válvulas cardíacas e agravar doenças já existentes.

Diabetes: os diabéticos que não realizam o controle adequado do nível de glicose no sangue têm maiores chances de desenvolverem infecções na gengiva como a gengivite e periodontite, sendo esta última responsável pelo enfraquecimento da estrutura óssea dentária, podendo causar até a queda de dentes em adultos. Por outro lado, doenças gengivais podem elevar o teor de açúcar no sangue. É comum que pessoas com diabetes também sintam a boca mais seca, fator que aumenta o aparecimento de aftas, úlceras e cáries.

Problemas digestivos: o mau hálito constante, mesmo com a realização da higiene bucal correta, pode indicar alguma disfunção estomacal. A gastrite, por exemplo, consiste na demora do estômago ser esvaziado e na presença de bactérias que liberam mau cheiro. Enquanto o refluxo é a volta dos alimentos para a boca, liberando o odor desagradável.

Pesquisadores ainda ressaltam que além de ter relação com as doenças sistêmicas, a saúde bucal também é afetada por doenças de ordem psicológicas. A ansiedade e o estresse, por exemplo, podem causar o bruxismo, transtorno caracterizado pelo ranger dos dentes durante a noite, responsável pelo desgaste dental e dores de cabeça e na região do maxilar.      

Por isso, o cuidado bucal é muito importante para a manutenção do bom funcionamento do organismo. Escovar os dentes, passar fio dental e o utilizar o enxaguante bucal são processos importantes para uma higienização oral completa. Estar atento à saúde bucal e procurar ajuda profissional ao sentir incômodos é essencial para tratar e prevenir doenças sistêmicas.

Sobre

Veja também

Cinco doenças mais comuns durante a gravidez

Durante a gestação, o corpo e o sistema imunológico da mulher sofrem diversas transformações. A …