Projetos para Unidade da Mulher e da Criança em Dourados ficam prontos até outubro


A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e o Escritório das Nações Unidas para Serviços de Projetos (Unops) entraram na última etapa para finalizar os projetos da Unidade Materno Perinatal do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados. O local, mais conhecido como Unidade da Mulher e da Criança, atenderá mais de 800 mil habitantes, suprindo uma demanda local de benefícios à saúde feminina e infantil. Além disso, a unidade vai hospedar um centro de pesquisa, ensino e formação de novos médicos.

Com a conclusão dos projetos básicos e executivos de arquitetura, os projetos executivos de engenharia estão sendo elaborados, com previsão de término até outubro deste ano. Em sequência, será aberta licitação para início das obras.

“A parceria tem dado certo e vamos conseguir entregar um projeto completo e que atende as necessidades da população local”, destacou a coordenadora de Infraestrutura Física e Tecnológica da Ebserh, Regina Barcellos.

Ampliar o planejamento

Considerado um projeto piloto, a parceria deve ser ampliada para também contemplar outras necessidades dos hospitais universitários federais ligados à Ebserh, como a atuação em maternidades e a elaboração de planos diretores hospitalares. A ideia é pensar as estruturas das unidades como um todo para que não haja ampliação sem um planejamento que direcione e organize as ações.

“O objetivo é pensar no hospital como um conjunto, porque várias ações impactam nas atividades, principalmente em locais complexos como hospitais universitários federais. Se é feita uma ampliação de leitos, isso impacta na cozinha e na lavanderia, por exemplo”, comentou Barcellos.

Unops

A instituição é um recurso central do Sistema das Nações Unidas que presta serviços de gerenciamento de projetos e serviços de compra. A Unops ajuda seus parceiros a complementar suas próprias capacidades, aumentar a rapidez, diminuir riscos, impulsionar o custo-benefício e melhorar a qualidade em construções de escolas, pontes e hospitais, por exemplo.

Nesta última etapa, a Unops está selecionando profissionais da área para contribuírem no projeto.

 Para saber mais sobre o processo seletivo clique aqui.

Artigo Anterior Anunciada licitação para construção do Hospital do Câncer de Sergipe  
Próximo Artigo Campinas ganha novo hospital