Home / Health ARQ / Infraestrutura / Novos leitos nas Osid, na Bahia, dobrarão capacidade em terapia intensiva

Novos leitos nas Osid, na Bahia, dobrarão capacidade em terapia intensiva

Os dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) inaugurados na semana passada, no Hospital Santo Antônio (largo de Roma), das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), vão dobrar a capacidade nessa especificidade. O investimento de cerca de R$ 2,5 milhões é de recursos provenientes do governo estadual.

Os novos leitos são equipados com ventiladores pulmonares de última geração, monitores multiparamétricos e equipamentos de apoio.

De acordo com o secretário da Saúde, Fábio Vilas Boas, a nova ala é uma das mais modernas de todo o estado. “A inauguração permitirá que nós possamos fazer mais cirurgias de alta complexidade. A gente vai aumentar o giro-leito, reduzindo o tempo de internação dos pacientes aqui, que ficavam aguardando vaga na UTI para serem operados”, explicou o gestor.

Nesta segunda, quatro internos do Hospital Santo Antônio já aguardavam o final da cerimônia de inauguração para se submeter a cirurgias e, posteriormente, ocupar uma vaga na nova UTI da unidade.

“Hoje, cerca de 10 mil pessoas aguardam na fila para uma cirurgia no hospital Santo Antônio. Precisamos de, pelo menos, mais 20 leitos”, afirmou a superintendente das Osid, Maria Rita Lopes Pontes.

Mais estruturas

A Bahia, ainda neste semestre, vai receber novos leitos de terapia intensiva. A previsão é que unidades de saúde dos municípios de Eunápolis, Brumado, Ilhéus, Seabra, Jequié e Salvador sejam as primeiras a inaugurar as novas estruturas. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, nesta segunda, durante a inauguração da nova UTI do Hospital Santo Antônio.

A intenção, de acordo com o governador, é reduzir o tempo de espera dos pacientes nas filas para a realização de cirurgias pelo Sistema Único de Saúde (SUS) que dependem de vagas de UTI para o pós-operatório. Segundo Rui Costa, nos próximos meses estão previstas entregas de 10 leitos de UTI infantil no Hospital de Eunápolis e 20 em Brumado.

“Em 2017, vamos ter um número ainda maior de leitos, quando iremos inaugurar o hospital de Seabra, o novo hospital da Costa do Cacau, em Ilhéus, e a duplicação do Hospital Prado Valadares, em Jequié”.

Para a capital baiana, além dos 10 novos leitos entregues nesta segunda às Osid, está programada a inauguração do anexo do Hospital Geral do Estado, o HGE 2, que contará com 20 novos leitos de UTI. “Vamos ampliar bastante as condições em todo o estado da Bahia de cirurgias de alta complexidade, porque esses procedimentos precisam do leito de UTI”, afirmou.

Além das entregas dos leitos, o governador afirmou que pretende dar início, ainda no segundo semestre deste ano, a um mutirão de cirurgias eletivas. A meta é conseguir zerar a fila por procedimentos cirúrgicos em algumas especialidades em um prazo de doze meses em todo o estado.

“Estamos iniciando um programa de cirurgias eletivas. Para isso, vamos usar os hospitais do estado no interior, as unidades de saúde municipais e, eventualmente, alguns hospitais filantrópicos”, explicou Rui.

Sobre

Veja também

Hospital Materno Infantil (PR) recebe equipamentos e inaugura leitos

O secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto, também esteve em Apucarana na manhã de …