Experiência do paciente e inteligência relacional marcam último dia do Fórum Einstein/IHI


O 3º Fórum Latino Americano de Qualidade e Segurança do Paciente foi marcado pela abertura do presidente, Sidney Klajner, da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein com uma palestra sobre a experiência do paciente. Durante a apresentação, Klajner contou a trajetória do Einstein desde a implantação do SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente), o recebimento da acreditação Joint Commission International, a adesão à Certificação Planetree, a criação do Conselho de Pacientes em 2013 e do Escritório de Experiência do Paciente em 2014. Além disso, ele destacou a importância no cuidado com o paciente “Toda a Instituição trabalha para oferecer o melhor cuidado e atenção ao paciente. A equipe multidisciplinar atua de forma integrada para garantir a segurança”, destaca ele.

Dentro das trilhas “saúde populacional e atenção primária”, “criando valor na saúde”, “segurança do paciente”, “experiência do paciente”, “fluxo do paciente” e “PPA (Projeto Parto Adequado) Lounge”, diversos palestrantes nacionais e internacionais, compartilharam conhecimento, experiências e discutiram melhorias e o futuro do sistema de saúde.

Entre os temas abordados a preocupação com a mudança demográfica do país, como o sistema de saúde trabalha para atender a população idosa e os desafios da desospitalização – apresentado pela gerente de pacientes crônicos do Einstein, Flávia Camargo; o tema também foi abordado de formal legislativa pela gerente do departamento jurídico, Rogéria Leoni. A saúde suplementar também foi tema de palestra, mostrando os problemas enfrentados pelas operadoras de saúde com a baixa na adesão aos planos e como elas se preparam para atender cada vez menos os jovens e mais os idosos.

O tema segurança do paciente aqueceu a discussão sobre como conduzir eventos adversos, reforçando a importância de conduzir os casos com transparência e verdade, possibilitando o aprendizado, compartilhamento e a criação de novos protocolos de atendimento para minimizar os eventos e implanta-los de maneira eficaz e segura.

Pedro Delgado finalizou o Fórum agradecendo a oportunidade da troca de experiências adquirida ao longo dos três dias e reforçou a importância da presença dos mais de 2.600 inscritos, convidando-os para o próximo Fórum que acontece em 2018 em Cartagena, na Colômbia.

 

Artigo Anterior Clínica popular: alternativa sustentável para filas de espera
Próximo Artigo Einstein realiza 3º fórum Latino Americano de Qualidade e Segurança

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.