Home / Saúde Online / ABIMED defende transparência na cadeia de fornecimento de produtos para saúde como caminho para evitar fraudes

ABIMED defende transparência na cadeia de fornecimento de produtos para saúde como caminho para evitar fraudes

Associação será uma das participantes de evento sobre órteses e próteses

Dar transparência aos serviços e preços incluídos na cadeia de fornecimento de produtos para saúde, entre eles órteses e próteses, é o caminho para combater fraudes, utilizar melhor os recursos da Saúde e proteger os pacientes. Esta é a proposta que a ABIMED (Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde) apresentará no 11º Encontro Anual de OPME/DMI, que se realizará no próximo dia 13 de fevereiro (segunda-feira), no Maksoud Plaza, em São Paulo.

A entidade será uma das debatedoras do painel “Modelos de Remuneração”, ao lado de outras entidades. Segundo Carlos Goulart, presidente-executivo da ABIMED, hoje o Brasil privilegia o modelo de pagamento conhecido como “fee for service”, no qual o reembolso é feito pelo número de exames e procedimentos realizados.

“A discussão sobre novas alternativas de reembolso é importante, sobretudo para reduzir desperdícios. No entanto, do ponto de vista ético, da prevenção e combate a fraudes, é necessário também dar transparência a toda a cadeia de fornecimento e saber o que ocorre em cada etapa do processo de comercialização”, explica.

De acordo com a proposta da ABIMED, é preciso conhecer os serviços e preços praticados por todos os elos da cadeia da saúde – indústria, fornecedores, hospitais, profissionais de saúde, planos e de saúde e pacientes. “Só assim”, afirma Goulart, “será possível a todos saber pelo que estão pagando”.

Sobre

Veja também

Telemedicina no Sul do país, nova superintendência do HAOC e Santa Joana conquista JCI são os destaques do Direto da Redação

  O Direto da Redação traz os seguintes destaques da semana: Hospital e Maternidade Santa …