ONA premia melhores práticas no setor de saúde

A Organização Nacional de Acreditação – ONA vai premiar casos de sucesso relacionados a gestão, segurança do paciente e resultados assistenciais em organizações de saúde. As inscrições para o Prêmio Melhores Práticas em Destaque estão abertas por meio do site www.onaeventos.com.br/premio, até o dia 15 de julho.

Podem participar instituições certificadas ou acreditadas pela metodologia da ONA em qualquer nível. No ato da inscrição, é necessário enviar um relato completo do caso a ser avaliado. “O relato deve conter as lições extraídas de casos reais. O texto precisa apresentar com clareza o problema e as soluções encontradas, tecnologias adotadas e mudanças de processos e práticas”, explica a Dra. Maria Carolina Moreno, superintendente da ONA.

O Prêmio Melhores Práticas em Destaque faz parte da programação do Seminário Internacional de Segurança do Paciente e Acreditação em Saúde, que acontece nos dias 7 e 8 de agosto no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo. Os três casos vencedores serão anunciados no último dia do evento.

A programação completa do Seminário é dividida em dois eixos temáticos: cuidado centrado no paciente, no primeiro dia, e comunicação, no segundo. Entre os palestrantes confirmados estão Patricia Rutherford, vice-presidente do IHI (Institute for Healthcare Improvement), dos Estados Unidos; Sue Sheridan, diretora de engajamento do paciente do PCORI (Patient-Centered Outcomes Research Institute), e Timothy Gilligan, da Cleveland Clinic, ambos também dos Estados Unidos; John Sweeney, CEO do HCI (HealthCare Informed), da Irlanda, e Paulo Sousa, da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa, de Portugal.

São Apoiadores do Seminário Internacional de Segurança do Paciente e Acreditação em Saúde o Centro de Estudos em Planejamento e Gestão de Saúde da FGV-EAESP;  a FEHOESP – Federação dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo; o SINDHOSP – Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Casas de Saúde no Estado de São Paulo; e o IEPAS – Instituto de Ensino e Pesquisa na Área de Saúde.