Hospital Santa Catarina conquista HIMSS estágio 6

61

O Hospital Santa Catarina conquistou, em dezembro de 2017 a acreditação da HIMSS (Healthcare Information and Management Systems Society). Com ações focadas na melhoria da qualidade de vida por meio do uso de Tecnologia da Informação, o certificado classifica as instituições de saúde em níveis de 0 a 7, avaliando aspectos como automatizações de processos, checagem de medicações, interoperabilidade de sistemas e melhoria contínua do cuidado.

O nível 6, obtido pela entidade, confirma que a instituição está no caminho certo para se tornar integralmente digital e conquistar a máxima excelência operacional. “A acreditação reforça nosso compromisso diário com a segurança dos pacientes e nos reconhece como um dos melhores hospitais do País”, afirma Alline Cezarani, diretora-executiva do Hospital Santa Catarina (SP).

A certificação em nível 6 é almejada por muitas instituições de saúde em todo o mundo, mas apenas algumas alcançam essa distinção. Atualmente, somente 15 hospitais contam com o certificado nesse nível no Brasil, que, de acordo com a HIMSS, confere vantagem significativa à instituição sobre os concorrentes com relação à segurança dos pacientes, apoio médico e recrutamento de médicos. O Hospital Santa Catarina também conquistou este ano acreditação da Joint Commission International (JCI).

Patrícia Hatae: gerente de TI corporativa no Hospital Santa Catarina

De acordo com a gerente de projetos de TI corporativa do Hospital Santa Catarina, Parícia Hatae, em 2014 o hospital ingressou no grupo de estudo de TI na Anahp, que resultou na publicação do manual de Diretrizes de TI. “A partir deste momento foi plantada a sementinha da Himss, desde então viemos trabalhando com foco na certificação nível 6 e após a conquista, já estamos focados no Himss 7.”

Para alcançar o nível 6, foram realizadas as trocas de fornecedores e sistemas com foco na integração. Também foram criados formulários no Prontuário Eletrônico para agilizar e automatizar os processos assistenciais dando inteligência ao negócio.

Além da criação de protocolos, o Santa Catarina trocou seu sistema de PACS para o Carestream, adquiriu dispensários eletrônicos, contratou sistemas como o Micromedex para interação medicamentosa, novos sistemas, PDAs (palm para checagem a beira leito), carrinhos – para checagem e prescrição e anotação na beira do leito entre outros investimentos e substituições.

A auditoria para certificação ocorreu no Centro de Diagnóstico por Imagem, Laboratório, UTI Multidisciplinar, faturamento e SAME do hospital envolvendo profissionais de diversas áreas além da equipe de TI. “A TI pode, de diversas formas, ser um facilitador e criar sinergia entre as partes. Exercendo seu papel estratégico na instituição, a área de TI permeia todos os setores, gerando assim valor que pode ser tangível ou não”, completa Patrícia.