GE Healthcare e Roche se unem para criar serviços de dados para hospitais

Parceria desenvolverá sistema de suporte a decisão clínica. Oncologia e cuidados intensivos serão as primeiras áreas contempladas.

111

A GE Healthcare e a Roche anunciaram, na última semana, uma parceria de longo prazo para desenvolver e comercializar sistemas digitais para hospitais que combinaria dados de pacientes de dispositivos de monitoramento contínuo e diagnósticos in vitro para ajudar os médicos a tomar decisões clínicas.

“Efetivamente, o que estamos fazendo é combinar esses dois conjuntos de dados. É a integração desses dados que dão aos médicos uma visão muito maior do status dos pacientes”, diz Kieran Murphy, presidente e CEO da GE Healthcare em entrevista para a Forbes.

Para o CEO da Roche Diagnostics, Roland Diggelmann: “Sabemos como funcionam esses hospitais, sabemos o que eles precisam. Todos nos dizem que é isso que precisamos”.

As empresas estão começando focadas em duas áreas de cuidados hospitalares: a GE está assumindo a liderança em cuidados intensivos, enquanto a Roche está fazendo isso com oncologia. Outras aplicações podem vir depois, dizem eles, depois que a infraestrutura básica do novo sistema digital foi construída.

Com esse sistema em vigor, combinando vários tipos de dados preditivos em pacientes no hospital – sua freqüência cardíaca, taxa respiratória, pressão arterial, além de resultados de testes in vitro baseados no sangue – o pessoal hospitalar pode enfrentar problemas como sepsis antes e intervir antes de escalar, diz Murphy. O software é concebido para ser compatível com equipamentos de outras empresas, enquanto a GE e a Roche também criaram novos produtos para fazer parte do sistema.