BP Mirante investe R$15 mi em programa de cirurgia robótica

Investimento contempla aquisição do robô Da Vinci Xi® Surgical System, equipamentos e reestruturação e reforma do centro cirúrgico

109

O BP Mirante, unidade hospitalar da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, anunciou a aquisição do robô da Vinci Xi® Surgical System, última geração do equipamento destinado à realização de intervenções cirúrgicas minimamente invasivas. Além disso, a instituição desenvolverá o que considera um dos mais inovadores programas em cirurgia robótica do País.

A infraestrutura robótica montada no BP Mirante foi planejada em todos os detalhes para que os cirurgiões tenham as melhores condições para realizar os procedimentos da maneira mais eficiente e segura para o cliente. Além do robô completo com todos os acessórios, como recursos de fluorescência, seladores de vasos e grampeadores, a sala de robótica contará com mesa cirúrgica móvel, que funcionará interligada ao da Vinci Xi® Surgical System, equipamento de ultrassonografia 3D com probe para cirurgia robótica e o sistema de armazenamento e roteamento OR1™, que permite o compartilhamento de imagens em tempo real para análise e suporte de outros especialistas.

“Foram investidos R$ 15 milhões neste projeto, incluindo, além do próprio robô, outros equipamentos necessários para a realização de procedimentos de maior complexidade. A sala cirúrgica foi totalmente redesenhada para receber o que há de mais moderno em cirurgias minimamente invasivas assistidas por robô. Essa aquisição ratifica o compromisso da BP em oferecer a melhor experiência aos clientes por meio de serviços de excelência para todos e para cada um”, salienta Luiz Eduardo Loureiro Bettarello, superintendente-executivo Médico e Desenvolvimento Técnico da BP.

O hospital contratou Ricardo Zugaib Abdalla, doutor em cirurgia pela Universidade de São Paulo (USP) e um dos mais renomados especialistas em cirurgia robótica do País, para coordenar o programa. Autor de diversos artigos científicos e de um livro sobre cirurgia robótica, Ricardo Abdalla tem vasta experiência no uso dessa tecnologia em diversas especialidades e desenvolveu uma expertise para otimizar o uso do robô, diferencial que o hospital agregou ao programa.

“O programa é inovador porque prevê a participação de dois profissionais que se complementam à disposição do cliente. O cirurgião principal que realizará o procedimento e um outro que, por dominar o potencial tecnológico do robô, atuará como suporte para que seja tomada a melhor decisão na hora de executar um movimento ou uma técnica específica”, explica o coordenador.

A alta tecnologia e o conhecimento científico do Programa de Cirurgia Robótica do BP Mirante estão inseridos numa filosofia de atendimento que tem o cliente no centro da atenção. Para isso que isso ocorra de forma padronizada, o hospital criou um fluxo de atendimento que começa na consulta ambulatorial, envolve recursos de medicina diagnóstica, evolui para o planejamento multidisciplinar da cirurgia, culmina com a execução do procedimento com toda segurança e resolutividade e é finalizado com o acompanhamento pós-operatório até a alta. Todas essas etapas são realizadas a partir do protocolo Enhanced Recovery After Surgery (Eras), uma linha de cuidado que contempla ações que melhoram a recuperação após a cirurgia.

Inicialmente, o programa de cirurgia estará disponível para procedimentos ginecológicos, de aparelho digestivo e urológicos com ênfase no tratamento de câncer de próstata. Porém, já há um planejamento detalhados para ampliar a oferta desse tipo de cirurgia para diversas outras especialidades.