Reinaldo Scheibe é eleito presidente da Abramge para o triênio 2018-2021

0
166

No último dia 27 de março, as operadoras associadas à Abramge – Associação Brasileira de Planos de Saúde – elegeram Reinaldo de Camargo Scheibe para ocupar a presidência da entidade, pelo período de 2018 a 2021, cargo que já atuava desde 2016, quando da saída de seu antecessor Cyro de Britto Filho. O novo presidente da Abramge tem extensa trajetória no setor de saúde suplementar, atuando há mais de 30 anos em diferentes entidades da saúde suplementar tanto na área hospitalar quanto de planos de saúde, tendo sido ainda, em duas ocasiões, presidente da Alami – Associação Latinoamericana de Saúde Privada. É bacharel em administração empresarial, com pós-graduação em administração hospitalar e faz parte dos quadros diretivos do Sistema Abramge desde a década de 1980.

Atualmente, o setor de saúde suplementar no Brasil possui 47,3 milhões de beneficiários que realizam anualmente mais de 1,4 bilhão de procedimentos, dentre os quais cerca de 250 milhões de consultas médicas e 750 milhões de exames complementares; 8 milhões de internações hospitalares; e 2,5 milhões de sessões de radioterapia e quimioterapia. As operadoras associadas à Abramge representam cerca de 40% dos beneficiários de planos de saúde, garantindo o atendimento de aproximadamente 18 milhões de pessoas.

Alguns dos principais desafios do novo presidente da Abramge Reinaldo Scheibe são: auxiliar no planejamento e retomada do crescimento da saúde suplementar; encabeçar o combate às fraudes e à máfia das próteses; dirimir os impactos da judicialização da saúde; possibilitar a implantação de novos modelos de remuneração baseados na qualidade dos serviços, não somente na quantidade (fee for service) de procedimentos realizados; e outros relacionados à regulamentação do setor. “É importante lembrar que estes são desafios de todo o setor e, para conquistá-los, a Abramge conta com o apoio de todas as entidades da saúde suplementar”, afirma Scheibe.

A Abramge continuará atuando regularmente junto à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) no aprimoramento do segmento que, em sua opinião, deve haver sinergia entre a agência e as operadoras de planos de saúde para o fortalecimento social da atividade no Brasil. “Almejo um sistema de saúde suplementar com equilíbrio socioeconômico, com foco na qualidade do atendimento e acesso simplificado do consumidor brasileiro”, finalizou o presidente.

Confira a íntegra da diretoria eleita:

Cargo Candidato Associado UF
Presidente Reinaldo Camargo Scheibe Amil Assistência Médica Internacional S/A
São Paulo
SP
Secretário Geral Carlito Marques de Abreu Hapvida Assistência Médica Ltda.
Fortaleza
CE
1º Secretário Francisco Antonio Santa Helena Centro Clínico Gaúcho Ltda.
Porto Alegre
RS
1º Tesoureiro Paulo Rogério Santini Gabriel São Francisco Sistemas de Saúde Sociedade Empresarial Ltda.
Ribeirão Preto
SP
2º Tesoureiro Felipe Magalhães Rossi Samp Minas Assistência Médica Ltda.
Belo Horizonte
MG
Diretor de Promoção Antonio Fernando Monteiro Cemil – Centro Médico de Itú Ltda.
Itú
SP
Diretor Adjunto Jorge Antonio Duarte Oliveira Promédica Proteção Médica à Empresas Ltda.
Salvador
BA
Diretor Adjunto Joaquim Pereira Medisanitas Brasil Assistência Integral à Saúde S/A
São Paulo
SP