Rede Mater Dei de Saúde adere à cultura compliance

0
38

As transformações econômicas, sociopolíticas e os avanços tecnológicos contribuíram para que empresas de todos os segmentos observassem a necessidade da administração dos riscos de negócios por meio de processos pré-estabelecidos. Seguindo essa tendência de atualização de regulamentos, a Rede Mater Dei de Saúde implantou em 2017 um novo Programa de Integridade interligado à cultura compliance.

Ser adepto à cultura compliance significa que a empresa está alinhada às normas, aos controles internos e externos, além de todas as políticas e diretrizes estabelecidas para promover uma cultura ética organizacional. “Sempre estivemos atentos às normas e aos processos internos de forma clara e transparente. Com o advento da Lei 12846 – Lei Anticorrupção, foi identificada a necessidade de atualizar os documentos, de modo a refazê-los de acordo com a nova realidade do Mater Dei e do mundo”, enfatiza Henrique Salvador, presidente da Rede Mater Dei de Saúde.

Após capacitações que envolveram colaboradores e membros do corpo clínico, o manual foi distribuído para todos aqueles que estão envolvidos com os processos da Rede Mater Dei de Saúde. No manual estão evidenciados os princípios éticos e regras funcionais que devem ser conhecidos e cumpridos por todos os colaboradores, estagiários, corpo clínico e demais parceiros da instituição.

O manual de compliance da Rede foi estruturado por um escritório de advocacia terceirizado em conjunto com o setor de Auditoria Interna e Compliance da instituição. Durante a elaboração do documento, a equipe se preocupou em utilizar as melhores referências nacionais e internacionais, a fim de ter um instrumento que atenda às necessidades práticas do cotidiano da Rede Mater Dei de Saúde. “Somos uma instituição de saúde que tem o paciente no centro do cuidado, que tem certificações nacionais e internacionais e pessoas comprometidas com quem procura os serviços do Hospital”, enfatiza Henrique Salvador.