Beneficência Portuguesa de SP ajuda empresas a reduzirem sinistros e custos com a saúde

0
136

A BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo acaba de lançar o BP Gestão de Ambulatório Corporativo, um novo serviço que visa contribuir com a redução de custos com a saúde de empresas e, consequentemente, de operadoras.

“Estamos oferecendo um modelo novo e inédito, que pode ser colocado em prática rapidamente e no qual a remuneração dos serviços se dá a partir da redução dos sinistros e não do uso do hospital e demais serviços. Essa diminuição da sinistralidade ocorre a partir de um cuidado focado na promoção e prevenção da saúde dos clientes e num pós-alta de qualidade que reduza complicações, repetições de exames ou idas desnecessárias ao pronto-socorro”, explica Juliana Caligiuri, superintendente-executiva de Desenvolvimento de Negócios da BP.

No BP Gestão de Ambulatório Corporativo o modelo de atendimento é totalmente customizável e estruturado com ênfase nas especialidades que causam o maior impacto de custos no plano de saúde de cada organização.

O exemplo vem de casa

A implementação desse modelo de gestão no ambulatório corporativo da própria BP, para atender uma população de cerca de 7.500 colaboradores, reduziu a sinistralidade da carteira do plano de saúde em média 15% no período de um ano (entre março de 2016 e março de 2017).

Por isso, a instituição decidiu compartilhar essa expertise com o mercado, lançando o novo serviço que oferece atenção à saúde in loco, podendo, inclusive, assumir a gestão do ambulatório da empresa, além de disponibilizar os profissionais e todo o suporte do polo de saúde da BP. O coordenador médico da BP presente no ambulatório da empresa gerencia todas as demandas, sejam elas consultas de rotina, intercorrências simples, emergências ou tratamentos e terapias, fazendo a indicação de qual a melhor alternativa de tratamento para o colaborador, o que garante maior eficiência na gestão dos recursos de saúde.

Já a equipe de apoio é composta por médicos generalistas ou especialistas, de acordo com o perfil epidemiológico da organização. Além disso, um time multidisciplinar experiente (enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, entre outros), fica disponível para realizar o atendimento no dia a dia, fazendo o acompanhamento da população com queixas crônicas ou de alto risco, trabalhando a prevenção e, consequentemente, contribuindo para a queda da sinistralidade.

“Outro profissional que pode compor esse modelo de atendimento é o concierge, responsável por apoiar os colaboradores nos agendamentos de consultas, exames, cirurgias, e atendimento preferencial em um dos nossos prontos-socorros, quando necessário. Para os executivos, também podemos proporcionar fluxos diferenciados e atendimento de retaguarda no nosso hospital premium, o BP Mirante”, salienta Juliana Caligiuri.

Muitos dos tratamentos poderão ser realizados no próprio ambulatório, evitando o deslocamento dos colaboradores e reduzindo, assim, o absenteísmo. Até mesmo as coletas para exames laboratoriais podem ser feitas na empresa sem que haja qualquer tipo de interferência na qualidade dos resultados, que têm o respaldo do Grupo Fleury, um dos mais renomados players do mercado e responsável técnico pelas análises clínicas da BP Medicina Diagnóstica.

“Somos um polo de saúde com ofertas segmentadas para todos os perfis de público e, por isso, temos a oferta hospitalar adequada para todos os níveis de cada organização, desde o atendimento premium do BP Mirante para os altos executivos; o Hospital BP, que oferece a melhor experiência para o nível intermediário dos planos de saúde; e o BP Essencial, destinado aos colaboradores que possuem acesso aos planos com acomodações compartilhadas”, ressalta a executiva da BP.

Por meio de protocolos de atendimento pré-estabelecidos, o BP Gestão de Ambulatório Corporativo garante maior resolutividade e tratamentos mais eficazes, reduzindo o número de encaminhamentos para pronto-socorro e internação e impactando diretamente na diminuição das despesas com a carteira do plano médico.