Reforma do Hospital Regional de Porto Nacional garante ambiente mais humanizado aos pacientes

0
32

Os cerca de 100 pacientes que são atendidos diariamente no Pronto Socorro do Hospital Regional de Porto Nacional estão sendo acolhidos em um ambiente novo, estruturado, de forma a oferecer o conforto necessário a cada um. Trata-se da reforma que contemplou toda área de urgência e emergência da unidade, que melhorou a qualidade ambiental das salas vermelha, amarela e observação da unidade que atende a Região de Saúde Amor Perfeito, com mais de 108 mil habitantes.

A obra que começou em fevereiro deste ano e ainda compreende 16 leitos de pediatria está em fase final. Orçada em cerca de R$ 200 mil, foi vistoriada pelo secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir e equipe técnica da Secretaria de Estado da Saúde (SES), na tarde da terça-feira, 10.

“Estamos fazendo uma adequação e otimizando os espaços do hospital para oferecer mais serviços à população, com mais consultórios, mais enfermarias, ampliação da sala vermelha, da ala de ortopedia, mais conforto ao paciente em observação . Trabalhamos com um conceito de melhorar para os profissionais também com um ambiente humanizado agradável e dar ao usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) o conforto necessário”, declarou Musafir.

Após a vistoria o secretário afirmou que “constatamos que a reforma e ampliação da unidade está andando e agora teremos ala de pediatria com 16 leitos e também estamos estruturando salas de aula, porque este será um hospital universitário. A reforma desta unidade é um processo contínuo com um padrão de qualidade para dar dignidade ao atendimento conforme determina o governador Marcelo Miranda”, disse.

A direção do hospital enfatizou que “a reforma mostra a preocupação da gestão com a excelência na qualidade do que é entregue aos pacientes e aos profissionais de saúde que terão um ambiente agradável e que estimula cada um a vir trabalhar”, afirmou o diretor geral da unidade Marques Queiroz.

Em observação na unidade, o autônomo João Oliveira se disse satisfeito com o ambiente em que foi acolhido. “Achei tudo muito bonito e organizado não tenho do que reclamar sobre o atendimento e o ambiente está muito bom”, afirmou.

O Hospital Regional de Porto Nacional é referência para 13 municípios sendo eles Porto Nacional, Brejinho de Nazaré, Chapada da Natividade, Fátima, Ipueiras, Mateiros, Monte do Carmo, Natividade, Oliveira de Fátima, Pindorama, Ponte Alta do Tocantins, Santa Rosa e Silvanópolis. A unidade realiza cirurgias ortopédicas, gerais e ginecológicas. Atualmente conta com 101 leitos cadastrados e receberá em breve os leitos de pediatria já citados.

Os novos 16 leitos de pediatria virão do Hospital Materno Infantil Tia Dedé, também em Porto Nacional e que segundo Musafir igualmente será reformado e ampliado para melhor atender parturientes e a neonatologia.