Obras na UTI Neonatal da Maternidade Escola Januário Cicco (RN) são concluídas

0
4

As obras de reforma e ampliação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), em Natal (RN), que recebe pacientes de todo o estado, foram inauguradas pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, no dia 30 de janeiro.

As novas instalações somam cerca de R$ 2,5 milhões em investimentos, que incluem reformas, ampliações e aquisição de equipamentos. O valor é oriundo de repasse do Ministério da Saúde na ordem de R$ 960.957,64 e de verba do Ministério da Educação na cifra de R$ 1.591.135,07. Ambos os recursos foram descentralizados por meio do Programa Nacional de Restruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf).

Em sua fala, o ministro Mendonça Filho destacou os benefícios educacionais e sociais trazidos pela ampliação da UTI Neonatal. “Essa ação é muito positiva, por que vem atender, principalmente, as pessoas mais carentes desse tipo de atendimento: crianças prematuras que precisam de apoio por parte do Governo. Ao assegurar mais recursos para a reforma, o MEC está garantindo assistência de saúde de um lado e, ao mesmo tempo, boa formação técnica profissional para aqueles que estudam aqui nessa maternidade de Natal”, concluiu.

Gerida pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), a Maternidade pertence a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e teve seu serviço de UTI Neonatal inaugurado em 1998, com 10 acomodações. Agora, a estrutura passa a ter capacidade para 23 pacientes, o que representa 30% do total de leitos neonatais no Rio Grande do Norte.

O novo espaço conta com 23 incubadoras, 16 respiradores, 14 aparelhos de fotorepia, 1 raio X portátil, 23 monitores multiparâmetro, 1 desfibrilador monitor mindray, 2 ressuscitadores infantil, dentre outros aparelhos que inserem a Unidade de Terapia Intensiva no que há de mais recente em segurança do paciente. Para Sônia Barreto, superintendente da instituição, “a obra representa aumento da capacidade de atendimento e, acima de tudo, melhoria na qualidade e incremento na humanização dos serviços prestados”.

De acordo com o presidente da Ebserh, Kleber Morais, que dirigiu a MEJC por 13 anos, a inauguração das instalações reforça o compromisso da estatal com a saúde brasileira. “A Ebserh e sua rede de 39 hospitais universitários têm a contínua missão de ampliar e aperfeiçoar a oferta de saúde à população”, destacou.

Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC)

Inaugurada em 02 de fevereiro de 1950, é unidade de ensino, pesquisa e assistência da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), sob gestão da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Certificada pelos Ministérios da Educação e da Saúde, é centro de formação de recursos humanos, de pesquisas e de extensão. Inserida 100% no Sistema Único de Saúde (SUS), é referência na gestação de alto risco, em cirurgias e endoscopia ginecológicas, na reprodução assistida e nos ambulatórios especializados de ginecologia. É símbolo de excelência no atendimento da mulher e de recém-nascidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here