Hospital da Cassems será inaugurado este ano em Corumbá

0
42

Unidade do hospital da Cassems será inaugurada neste ano em Corumbá, segundo informou a direção da Caixa de Assistência dos Servidores. Construção dos 3,2 mil m² está em fase final, no bairro Popular Velha.

O Hospital terá 35 leitos, três salas cirúrgicas, Pronto Atendimento 24 horas, cinco consultórios ambulatoriais e dois consultórios odontológicos. Esta será a 10ª unidade do hospital em Mato Grosso do Sul.

Neste fim de semana, foi realizada uma reunião entre a direção da Cassems e médicos do município, para debater sobre o empreendimento. Também foi feita uma visita técnica para acompanhar o andamento das obras.

Presidente da Cassems, Ricardo Ayache, disse que o objetivo foi tirar dúvidas dos médicos quanto a estrutura que a unidade hospitalar vai oferecer aos mais de 10 mil beneficários da região.

Secretário de saúde de Corumbá, Rogério dos Santos Leite, afirmou que o objetivo da parceria do poder público é para que o hospital seja referência em saúde de qualidade para os corumbaenses. Para isso, foi feito o compromisso de asfaltar as ruas que ficam no entorno do hospital.

O prefeito do munícipio, Marcelo Iunes, destacou ainda que, além de garantir acesso à saúde dos moradores, o hospital vai aliviar a Santa Casa e gerar emprego e renda.

ESTRUTURA

Além dos 35 leitos e salas cirúrgicas, hospital terá um Centro de Diagnósticos equipado com ressonância magnética, tomografia, raio-x digital, mamografia, densitometria óssea, duas salas de ultrassonografia, laboratório de análises clínicas e um centro de especialidades médicas.

Haverá três recepções, uma para o Centro de Diagnóstico, outra para o pronto atendimento e ainda uma que atenderá o Centro de Especialidades Médicas e a Unidade Regional da Cassems, que será integrada ao prédio com a parte administrativa, cinco consultórios ambulatoriais e dois consultórios odontológicos.

A pedra fundamental do Hospital Cassems foi lançada em 2016, quando o poder público doou uma área de 5,5 mil m², cedida pela União. Atualmente a obra emprega 52 pessoas da região de Corumbá e Ladário.