Fórum + Prêmio HealthARQ

Fórum+Prêmio HealthARQ marcam setor de infraestrutura para saúde

O dia 13 de agosto foi marcado pelo Primeiro Fórum+Prêmio da Revista HealthARQ. O evento, que aconteceu no Espaço Apas, na cidade de São Paulo reuniu os mais importantes nomes ligados à arquitetura, engenharia e construção para a Saúde.

A manhã começou com a apresentação de um Case de Sucesso, que mostrou o crescimento, as inovações e os investimentos e infraestrutura física que o Hospital São Cistóvão teve recentemente. Quem subiu ao palco para apresentar o case foram a responsável pelo planejamento estratégico da instituição, Edna Sumie Matsushita, a arquiteta Cibeli Bagnato Boihagian, e o engenheiro Ademir Melo Domingues.

Na sequência, uma palestra chamou atenção para as novas, eficientes, e mais altas tecnologias do mercado de automação, que podem contribuir com a gestão e a edificação de saúde. O Engenheiro Roberto Luigi Bettoni foi quem ministrou o tema “Os desafios da Infraestrutura na informatização”.

A primeira Mesa Redonda do Fórum HealthARQ discutiu a “Capacitação no mercado competitivo da arquitetura”. Mediada pela editora da revista HealthARQ, Patricia Bonelli, a mesa foi composta por Bruno Roberto Padovano, professor da Unicamp; Alan Cury, Presidente do IAB de Campinas; Enio Moro, Coordenador Institucional do programa Ciências sem Fronteiras do Curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo; Márcio Oliveira, Presidente Nacional da ABDEH e Antonio Carlos Rodrigues, Diretor da ACR Arquitetura.

O segundo debate, colocou em xeque “Conflito de Gerações – Do nanquim ao Sistema BIM” e contou com a participação dos arquitetos Siegbert Zanettini, Paula Fiorentini, Teresa Gouveia, Astério Santos e Clóvis Lima. Quem mediou a discussão foi Márcio Oliveira.

Um bate-papo entre dois renomados profissionais do setor da saúde também enriqueceu o evento. Gleiner Ambrósio, Diretor de Engenharia Clínica e manutenção do HCor e o professor universitário Donizetti Louro, estiveram reunidos para trocar experiências no que diz respeito “A importância da Engenharia Clínica na Infraestrutura hospitalar”.

No período da tarde, sustentabilidade, paisagismo e combate às infecções hospitalares ganharam espaço. O Case de Sucesso apresentado pela consultora externa AGC vidros apresentou o “Vidro antibactéria AGC: um grande aliado da arquitetura no combate às infecções hospitalares”.

Logo em seguida, “A importância do paisagismo no processo de cura” ganhou espaço. Responsável pelo projeto que maximizou a ocupação do espaço exterior com áreas de relaxamento, convívio e contemplação como importantes “válvulas de escape” no Hospital Sírio-Libanês, a arquiteta Evani Kuperman Franco e o paisagista Mauricio Alito  explanaram sobre o case e o assunto.

Dando sequência aos debates no período da tarde, o mediador Salim Lamha Neto, engenheiro e Diretor da MHA Engenharia, recebeu os arquitetos Ana Paula Naffah Perez, Charles Varsseman e Cynthia Kalichsztein, o paisagista Ricardo Julião e a administradora hospitalar Márcia Cristina Mariani para discutir o assunto “Novas ferramentas para a sustentabilidade na arquitetura moderna”.

Para fechar o Fórum, uma nova mesa redonda tratou sobre o “Gerenciamento de custos: um desafio a ser vencido”, tendo importantes figuras do setor como debatedores: Antonio Carlos Cascão, Diretor de Engenharia do Hospital Sírio-Libanês; o Engenheiro Mecânico e de Segurança do Trabalho Lúcio Flávio Magalhães Brito, André Fakiani, Diretor da Fakiani Construtora e Eduardo Luiz de Brito Neves Sócio-fundador da MHA Engenharia. O debate foi mediado pela editora da Revista HealthCare Management, Carla de Paula Pinto.

Prêmio

A noite, foi o momento de dedicar atenção especial aos ganhadores do Primeiro Prêmio HealthARQ. Os 36 premiados nas categorias: Profissional em Destaque (Arquitetura, Engenharia e Construção, Infraestrutura); Marcas Mais Lembradas (Acabamento, Interiores, Infraestrutura); Cases de Sucesso (Projeto, Engenharia e Construção, Ampliação); e Instituições do Ano (Hospital Sustentável, Hospital Conceito, Hospital Modelo), foram convidados a comparecer para receber um troféu de homenagem.

Além da premiação, o evento contou também com uma homenagem especial. O nome escolhido foi do arquiteto, consultor e professor João Carlos Bross, por sua trajetória e contribuição para arquitetura da saúde. Os projetos executivos produzidos por Bross, ao longo de 45 anos, chegam a uma área somada de mais de um milhão de metros quadrados.

Bross recebeu um troféu de homenagem das mãos das filhas Graziela e Monica Bross em um momento emocionante junto aos amigos Ana Paula Peres, Salim Lamha e Ana Carolina Campos.