Com unidade de Heart Center, Hospital Pró-Cardíaco aumenta sua capacidade de internação em até 50%

0
171

Após ampliação, Instituição passa a utilizar energia elétrica solar produzida a partir de placas fotovoltaicas

No último ano, o Hospital Pró-Cardíaco passou por grandes reformas e aumentou a sua área total para quase 20 mil m². Localizado em Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ), a Instituição inaugurou, em 2016, um novo prédio com quatro pavimentos, construído no mesmo terreno ocupado pela unidade desde a sua fundação, em 1959.

Os novos 3,3 mil m² implantados abrigam, hoje, o Heart Center do hospital, que contempla 50 leitos – entre eles alguns voltados para situações específicas da alta complexidade, incluindo o tratamento de pacientes obesos. Com essa ampliação, o Hospital passou a atingir a marca de 144 leitos, aumentando em até 50% a sua capacidade de internação.

Os 50 novos leitos são destinados à internação de pacientes adultos, contemplando a assistência na área de medicina nuclear (com paredes blindadas, revestidas de chumbo), o tratamento de pacientes com doenças infectocontagiosas (com filtros microbiológicos para reforçar o isolamento) e acomodação de pacientes com obesidade mórbida (com macas especiais e portas adaptadas). Todos eles foram projetados tendo como foco o cuidado centrado no paciente.

De modo geral, o novo edifício reúne, em um mesmo local, serviços, equipamentos e profissionais de saúde especializados no atendimento a pacientes com problemas cardiovasculares de alta complexidade. “O Heart Center atua por meio da prevenção, do diagnóstico e do tratamento, aliando tecnologia de ponta a uma equipe de alta performance e atendendo às necessidades dos pacientes em toda a linha do cuidado, desde as primeiras consultas até o acompanhamento em domicílio, na pós-cirurgia e na continuidade do tratamento, pelo tempo que for necessário”, explica Marcus Martins, diretor executivo do Hospital Pró-Cardíaco.

O investimento representa mais um avanço na trajetória da Instituição, que, desde a fundação, está constantemente modernizando suas instalações e oferecendo novos serviços. “Investir em melhorias e ampliações faz parte da busca pelo alto padrão de qualidade, de segurança e de excelência do atendimento prestado a cada um de nossos pacientes, seus acompanhantes e familiares”, afirma o diretor.

Segundo José Carlos Pereira, diretor da Projob Engenharia, empresa responsável pelas obras no Pró-Cardíaco, a finalização desta nova etapa conclui o ciclo de reformas do Hospital – principalmente em sua hotelaria – e inclui a total remodelação do complexo predial, que ganhou outras fachadas e uma infraestrutura de instalações totalmente revitalizada. “Entregamos a mais recente etapa de um criterioso Plano Diretor idealizado há cinco anos e que culmina com a entrega deste novo prédio de internação.”

Ainda, com a ampliação, o Pró-Cardíaco passa a ter mais dois apartamentos VIP, onde pacientes e familiares contarão com mais conforto, dispondo de sala de estar, escritório, dois banheiros e solário com jardim e uma claraboia, para aproveitamento da luz natural.

 

Inovação desafiadora

Na obra da nova ala de internação do Pró-Cardíaco, a iluminação ganhou lâmpadas em LED, melhorando a eficiência do consumo energético. Mas a preocupação com a sustentabilidade foi além: a Instituição passou a consumir energia elétrica solar, produzida a partir de placas fotovoltaicas. Mais um projeto de vanguarda adotado pelo Hospital.

Na recém-inaugurada ala de internação foram introduzidos sistemas essenciais para prédios hospitalares, que permitirão um backup nas principais instalações já existentes.

“Implantamos uma nova Central de Água Gelada (CAG) para aumentar a capacidade de refrigeração do prédio, uma nova Central de Aquecimento de Água Potável, e diversas outras estruturas que foram duplicadas para maior segurança do funcionamento do Hospital”, comenta Pereira.

Ele relata, ainda, que a realização desta etapa do projeto não foi simples, pois se tratava de uma intervenção na área mais antiga do Hospital, que abrigava inúmeras instalações primordiais ao funcionamento do prédio.

Por isso, foi necessário remover a Central de Gases Medicinais desta área, mesmo com a unidade em pleno funcionamento. Além disso, foi preciso lidar, durante toda a execução da obra, com redes essenciais que estavam no meio das novas estruturas.

“Praticamente construímos uma nova edificação em cima de toda a rede de dados (fibra ótica e telefonia) e das entradas das redes principais de abastecimento, como esgoto, águas pluviais e gás natural de todo o complexo hospitalar”, conta.

Cumprida mais uma etapa do Plano Diretor do Pró-Cardíaco, Pereira tem certeza de que não apenas entregou um produto renovado esteticamente, mas sobretudo uma edificação com novas e modernas instalações, que atendem todas as premissas de segurança vigentes.

 

União duradoura

A parceria entre a Projob e o Pró-Cardíaco tem mais de 35 anos. “É com muita satisfação e orgulho que, mais uma vez, conseguimos entregar uma etapa de crescimento de um dos melhores hospitais do Rio de Janeiro”, afirma Pereira.

Ele também relata que a instituição foi totalmente renovada e, até certo ponto, ampliada com a chegada do UnitedHealth Group (UHG) Brasil ao comando do Hospital. “Junto com a UHG, continuamos a introduzir as mais modernas técnicas de projeto e construção predial a fim de entregar um produto com alto índice de sustentabilidade e tecnologia”, afirma.

Segundo Pereira, a empresa de arquitetura e engenharia destaca-se pela habilidade de atuar em contato com as mais diversas dificuldades de operação, em ambientes extremamente delicados e que requerem todo cuidado e atenção.

“O mercado reconhece nosso know-how, o que fica claro quando somos chamados para expansões com elevados níveis de complexidade, como a do Pró-Cardíaco, ou mesmo quando somos escolhidos para obras com alta complexidade, como recentemente executamos em clínica localizada em um grande shopping do Rio de Janeiro”.

*Esta matéria foi publicada na 24ª edição da revista HealthARQ.