Após cinco meses, Santa Casa de Campo Grande reabre ala para internação por convênios

0
41

Hospital irá abrir licitação para reformar a ala em que ficam internados os pacientes que dão entrada pelo SUS

Depois de cinco meses fechada, a ala de internação de pacientes de convênios e particulares da Santa Casa de Campo Grande foi inaugurada na manhã de hoje (08). A reforma foi feita com recursos do próprio hospital, que anunciou como próximo passo, a abertura de licitação para reforma da área onde os pacientes atendidos pelos SUS (Sistema Único de Saúde) estão internados.

De acordo com o presidente da instituição, Esacheu Cipriano, são ao todo 31 novos leitos para os pacientes, sendo dois deles na área de isolamento. “A reforma vem atender uma demanda da população que precisa de atendimento privado de qualidade e não encontra na cidade, acaba tendo que ir para outros estados”, justifica.

O setor, segundo Esacheu, atende uma média de 240 pacientes por mês, levando em consideração que a maioria permanece cerca de oito dias internados.

Ao todo foram gastos cerca de um milhão de reais na obra, e o próximo investimento será na ala de internação de pacientes do SUS. “Como é um convênio com o Ministério da Saúde, não podemos fazer com nossos recursos, até porque nem temos para isso. Então iremos abrir uma licitação o mais breve possível para iniciar essa obra”, conclui o presidente da associação.

A reforma também resultará na contratação de novos enfermeiros e médicos para atender esses pacientes.