Técnica brasileira de cirurgia fetal será utilizada em Israel


A técnica de correção da mielomeningocele por endoscopia fetal desenvolvida por Denise Pedreira obstetra e cirurgiã fetal do Hospital Israelita Albert Einstein será aplicada pela primeira vez fora do país em duas mulheres, uma palestina e uma israelense.

A convite do Hospital Hadassah de Israel a médica irá operar o primeiro caso de mielominingocele no país. Os procedimentos acontecerão nos dias 24 e 25 de janeiro e terão duração entre 1h30 e 3h.

No mundo, essa técnica é realizada somente pela doutora Denise e Israel será o primeiro país a adotar esse novo procedimento. A primeira cirurgia aconteceu em maio de 2013 para corrigir uma malformação da coluna vertebral do bebê ainda na barriga da mãe. A técnica é menos invasiva e apresenta melhora significativa na vida dos bebês após o nascimento.

Artigo Anterior H. Márcio Cunha recebe criador do robô Laura
Próximo Artigo Nova etapa das obras de ampliação do Hospital Tereza Ramos (SC) é autorizada