Santa Joana de Recife implementa novo PEP


O Hospital Santa Joana de Recife integrou em seu sistema o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) da Agfa HealthCare, fornecedora de equipamentos de diagnóstico por imagem e soluções de TI para hospitais e centros de atendimento. A ferramenta está em funcionamento desde junho de 2017 e já apresenta resultados significativos.

A ferramenta permite que os sistemas de gestão de saúde mantenham o registro de informações clínicas pelo fato de estar integrado ao sistema de gestão hospitalar (HIS – Hospital Information System). Todas as informações relacionadas ao atendimento dos pacientes podem ser compartilhadas de forma mais rápida e segura. Com isso, o Hospital Santa Joana passa a ter uma visão integrada dos seus processos clínicos, administrativos e financeiros, auxiliando seus profissionais nas tomadas de decisão para cada setor.

Na solução ficam armazenados os dados demográficos e administrativos/financeiros do paciente, além das regras de negócio da instituição de saúde. Ainda, permite o amplo gerenciamento do fluxo de cuidado com o paciente, e a gestão global da instituição e suas relações com o SUS (Sistema Único de Saúde) e o Sistema de Saúde Suplementar.

A ferramenta também permite eliminar o registro das informações do paciente em papel com a utilização da assinatura digital, mantendo todas as informações de prescrições e demais documentos clínicos em meio eletrônico. O acesso àsinformações de prescrição de medicamentos, cuidados e dietas, entre outros dados se torna mais rápido e disponívelem qualquer lugar e para quaisquer profissionais de saúde com seu devido acesso.

“Os ganhos com o uso da ferramenta já são sentidos pelas nossas equipes assistenciais em todos os ambientes, por exemplo, a partir da redução de custo com o trânsito de papéis. Por meio eletrônico, os prontuários ficam organizados e legíveis, trazendo maior facilidade nas rotinas de passagem de turno”, afirma Amilcar Furtado, coordenador de projetos do Hospital Santa Joana.

A adesão à ferramenta foi rápida, principalmente das equipes de enfermagem e multidisciplinares. Já nos primeiros dias de uso observamos uma crescente no volume de formulários eletrônicos utilizados por aquelas equipes.  “O processo de transcrição via teclado é mais rápido e isso foi rapidamente percebido pelas equipes envolvidas com um ganho essencial à sua rotina” completa, Furtado.

“O uso do PEP garante a privacidade da informação, concedendo acesso apenas para a equipe de saúde do hospital ou para o próprio paciente, quando solicitado. Ainda, agiliza a consulta e acesso aos dados históricos. Isto faz com que todo o processo, desde a admissão até a alta do paciente, seja mais eficiente, trazendo o equilíbrio entre custo e qualidade ao Hospital Santa Joana”, finaliza Valdir Soares, gerente de produtos da Agfa HealthCare.

Artigo Anterior Hospital Leforte anuncia novos diretores para fortalecer estrutura organizacional e consolidar expansão da marca
Próximo Artigo O impacto da transformação digital na carreira dos profissionais de TI

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.