Home / Health ARQ / Construção / Obras do novo Hospital e Pronto-Socorro de Cuiabá (MT) seguem em ritmo acelerado

Obras do novo Hospital e Pronto-Socorro de Cuiabá (MT) seguem em ritmo acelerado

Após um ano do lançamento, as obras do novo Hospital e Pronto-Socorro de Cuiabá (MT), considerada a mais importante na área da saúde nos últimos 30 anos para a saúde de Cuiabá e do Estado, já estão na fase de estruturação, com várias frentes de serviços concluídas. A base física dos edifícios um e dois estão com a alvenaria de elevação e encunhamento prontos, recebendo reboco, contrapiso, com finalização das lajes.

A previsão é que até setembro a equipe de mais 250 operários esteja trabalhando na fase de acabamento. A entrega da parte física da obra está prevista para março de 2017.

A fase de estruturação teve início no começo de fevereiro, com a finalização da parte de sustentação da estrutura física, onde se concluiu a concretagem das sapatas, instalação das vigas baldrames e as estacas hélice contínua e da drenagem mais rasa de águas pluviais.

A próxima fase para a parte estrutural dos edifícios será de instalação da estrutura metálica de cobertura, fixação das esquadrilhas de alumínio, continuação das alvenarias de fechamento e impermeabilização das lajes.

Além da parte estrutural interna, o canteiro de obras, localizado na região do Ribeirão do Lipa, também já conta com o andamento das obras de pavimentação e estacionamento. A parte asfáltica do primeiro edifício foi 100% concluída, com calçamento e meios-fios, e nos estacionamentos das ambulâncias estão em fase instalação das estruturas metálicas para cobertura.

As obras complementares do projeto, como a capela ecumênica, também já estão recebendo a cobertura metálica. O reservatório elevado de água, que tem capacidade de 130 mil litros, já está com 80% das obras concluídas.

Estrutura
A nova unidade hospitalar terá 21.069,13 m² de área, construída em um terreno com cerca de 20 hectares. Ela contará com três grandes setores. Serão 315 leitos, sendo 40 para Unidades de Terapia Intensiva (UTI), um Centro de Diagnósticos, evitando que os exames necessários sejam feitos em outros lugares e, ainda, um Centro Ambulatorial, com consultas e leitos para internação suficientes para qualquer tipo de atendimento.

O prédio terá três entradas principais: a primeira será exclusiva para pacientes com casos de urgência e emergência adulta e pediátrica referenciados pelo SUS (como aqueles direcionados pelo SAMU, ou redirecionados pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPA); a segunda entrada para casos ambulatoriais (como consultas e agendamentos); e a terceira para internações).

Para facilitar a chegada de ambulâncias e da população, a unidade de saúde terá dois acessos. Um pela Avenida Miguel Sutil e outra pelo Bairro Despraiado. Além de uma área para estacionamento com 444 vagas e um heliponto. A construção está sendo realizada pelo consórcio CL Cuiabá, formado pelas empresas Lotufo Engenharia e Construções e Grupo Concremax.

Sobre

Veja também

Obras de reforma do Hospital Regional de Gurupi passam por vistoria

Como parte da implantação do Plano Diretor Estratégico (PDE) no Hospital Regional de Gurupi, o …