Municípios do Paraná recebem R$ 19 milhões para saúde


Recursos serão aplicados em serviços como leitos, oncologia, saúde bucal, cirurgias, entre outros

O Ministério da Saúde liberou R$ 19 milhões para Maringá e municípios da região do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde de Setentrião Paranaense (Cisamusep).

Do total, R$ 13,7 milhões são em valores empenhados de emendas parlamentares. Também estão sendo liberados cerca de R$ 2,5 milhões/ano para 19 serviços que estavam em funcionamento sem a contrapartida federal, como leitos, oncologia, saúde bucal, cirurgias, entre outros serviços especializados. Esses serviços estão presentes em quatro municípios: Astorga, Mandaguaçu, Maringá e Sarandi.

O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, neste sábado (14), durante encontro com prefeitos e gestores de saúde em Maringá (PR).

“Esses recursos vão contribuir para melhorar e acelerar o atendimento de quem precisa de exames, consultas e cirurgias. Além de garantir o custeio de serviços que necessitavam da nossa contrapartida. Estamos anunciando em todo o Brasil a economia de R$ 1,9 bilhão em 200 dias de gestão. Esses recursos estão sendo reaplicados para a oferta de mais serviços de saúde”, destacou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Outros R$ 3 milhões são destinados via Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC), valor extra enviado pela pasta para auxiliar no custeio dos serviços e incentivar um atendimento de maior qualidade à população. A portaria foi publicada para atender consultas, exames especializados e cirurgias eletivas da população residente na região dos municípios que compõem o Cisamusep.

Além de Maringá, gestor do Cisamusep, os municípios que integram o consórcio são: Atalaia, Ângulo, Astorga, Colorado, Dr. Camargo, Floraí, Flórida, Floresta, Itaguajé, Itambé, Iguaraçu, Ivatuba, Lobato, Munhoz de Mello, Marialva, Mandaguari, Mandaguaçu, Nossa Senhora das Graças, Nova Esperança, Ourizona, Paranacity, Paiçandu, Presidente Castelo Branco, Santa Inês, Santo Inácio, Santa Fé, Sarandi, São Jorge do Ivaí e Uniflor.

Artigo Anterior DOSSIÊ PETROBRAS: Fase de recuperação
Próximo Artigo ABIMO tem novo gerente de marketing