Home / Saúde Online / Mensagem para verdadeiros Líderes – Por Márcia Mariane

Mensagem para verdadeiros Líderes – Por Márcia Mariane

O tema liderança é um dos mais apaixonantes. Acredito que todos nós, gestores, tenhamos o desejo ser um líder carismático, eficiente, admirado e seguido por onde quer que exerçamos a nossa liderança.

Muitos tabus costumam giram em torno do tema liderança. Pontuo como um dos principais: o líder já nasce pronto! Já está mais que provado que o líder não nasce pronto e que podemos sim nos preparar através do conhecimento para ser um grande líder.

Este caminho para a liderança exige coragem e perseverança, para usar apenas dois adjetivos, e, de fato, nem todos estão dispostos a trilhar o verdadeiro caminho para ser um líder que a pessoas queiram seguir.

Para termos uma noção de grandeza, os grandes autores sobre o tema dizem que o líder passa quase que 50% do seu tempo praticando a auto liderança!

Isto mesmo! Metade do tempo! Faz-se muito necessário para o aspirante a líder ter um grande conhecimento intrapessoal e uma grande autodisciplina.

Outro tabu muito comum é o de que o líder escolhe o liderado. Errado! Não é o líder que escolhe o liderado, mas sim o contrário: o liderado escolhe o líder!

Neste momento fica claro a diferença entre chefe e líder. Nós obedecemos ao chefe por imposição hierárquica, o líder o fazemos por motivação interna, por admiração, por ser crédulo na pessoa que exerce liderança. Basta lembrarmos aquele líder que nos serviu de exemplo em nossas vidas. O que não fizemos ou que não faríamos por ele?

Um autor muito aclamado nesta área é o John C. Maxwell. Em uma de suas obras intitulada: “As 21 indispensáveis qualidades de um líder” ele cita algumas condições sine qua non para chegarmos ao topo da liderança. Vou compartilhar algumas dessas qualidades que mais aprecio:

– Caráter: o modo como o líder se comporta nas diversas situações em sua vida profissional revelam o caráter do ser humano por de traz do líder. Podemos dizer qualquer coisa a nosso respeito, que, por exemplo, somos íntegros, mas as nossas ações é que serão nosso verdadeiro indicador. Não basta dizer, é preciso fazer o que diz! John. C. Maxwell ainda afirma que “talento é um dom, mas caráter é uma escolha”.

– Carisma: O carisma faz com que o líder tenha empatia. Isso demonstra uma preocupação de mais em fazer para que as outras pessoas evoluem ao invés de querer que elas o adorem como a um deus mitológico. As pessoas precisam querer estar com o líder. Um bom teste é nos perguntarmos: Somos alguém com quem as pessoas querem estar verdadeiramente como ser humano, despido de autoridade, ou só atraímos as pessoas pelo poder intrínseco ao nosso cargo?

– Comunicação: Ser capaz de compartilhar conhecimento, ideias, entusiasmo é, sem dúvida, uma habilidade essencial para a liderança. Nas palavras de Maxwell “os comunicadores pegam algo complicado e simplificam”, apenas isto. Para ser um bom líder as pessoas precisam saber o que desejamos e para onde vamos, porque deste modo elas decidem se querem ir conosco ou não. Mas a comunicação deve sempre vir acompanhada de credibilidade, se não perde a força e a eficácia.

Das vinte e uma qualidades citarei apenas mais uma para esta reflexão que é a coragem:

– Coragem: como dizia Winston Churchill: “A coragem é corretamente considerada a primeira qualidade humana porque é a qualidade que garante todas as outras”. A batalha da coragem começa em nosso interior, no amago de nosso ser. É muito importante ressaltar que coragem não é ausência de medo, mas fazer o que tem de ser feito apesar do medo. A coragem inspira o comprometimento dos nossos liderados.

O tema liderança é muito vasto e muito interessante. Para quem quiser se aprofundar no tema, o autor aqui citado possui boas obras a respeito. Para finalizar gostaria de citar a frase de um líder que está na lista de meus preferidos: “Seja você a mudança que você quer no mundo”,  Mahatma Gandhi.

*Este artigo foi publicado na 51ª edição da Revista Healthcare Management. 

Sobre

Veja também

Carlos Eduardo Gouvêa, do IES, fala sobre as ferramentas de Governança e Compliance como estratégia para garantir a sustentabilidade do mercado de saúde

O Brasil avançou rumo a uma maior transparência na área da saúde. É o que …