Home / Health ARQ / Arquitetura / Hospital de Câncer de Barretos inaugura Centro de Pesquisa Molecular

Hospital de Câncer de Barretos inaugura Centro de Pesquisa Molecular

Referência no tratamento de oncologia, o Hospital de Câncer de Barretos comemora 55 anos com a inauguração de um grande projeto: o Centro de Pesquisa Molecular em Prevenção de Câncer. O prédio, localizado na cidade de Barretos, hospedará o primeiro biotério da entidade, uma área que permitirá testar a ação tumorigênica da exposição a fatores ambientais e ocupacionais, além de novos medicamentos em modelos animais, antes do tratamento com pacientes.

“Algumas medicações são eficazes em estudos pré-clínicos, mas não apresentam os mesmos resultados em seres vivos. Por isso, essa análise é importante e ajuda significativamente na qualidade de vida do paciente”, afirma Rui Manuel Reis, diretor científico do Instituto de Ensino e Pesquisa do HCB.

O projeto só foi possível graças à parceria com o Ministério Público do Trabalho de Campinas, que destinou cerca de R$ 70 milhões ao Hospital de Câncer de Barretos, contemplando pesquisa, prevenção, tratamento e educação em oncologia.

O Centro de Pesquisa possui três andares, preparados com equipamentos modernos e tecnologia avançada para realização de pesquisa nos mais diferentes campos da oncologia molecular, como genômica, por exemplo, que analisa o DNA do tumor dos pacientes, e estudos de funcionamento anormal e agressivo das células tumorais. O prédio abrigará ainda uma extensão do maior banco de amostras de tumores da América Latina, que, hoje, reúne cerca de 180.000 amostras, e terá capacidade para duplicar o seu acervo.

Segundo o diretor científico do Instituto, esse é o único centro de pesquisa do Brasil focado na prevenção do câncer, com ênfase em câncer ocupacional. “Essa estrutura vai alavancar a capacitação dos alunos de pós-graduação, pesquisadores e médicos, que terão mais possibilidades de desenvolver estudos inovadores e, consequentemente, promover a melhoria na qualidade do diagnóstico e tratamento, salvando milhares de vidas no final do processo”.

O novo centro começará suas atividades com as seguintes linhas de pesquisa: Fatores Ambientais e Ocupacionais do Câncer; Prevenção e Detecção Precoce do Câncer; Estudos Oncológicos Pré-Clínicos; Biologia e Terapia do Câncer; Genômica do Câncer; Papilomavírus humano e Câncer; Biologia dos Tumores Pediátrico; e Câncer Hereditário.

“Estamos prevendo uma equipe de aproximadamente 200 pessoas, formada por profissionais de diferentes áreas de atuação (biólogos, biomédicos, farmacêuticos, bioinformatas, epidemiologistas, veterinários e médicos), para oferecer apoio na iniciação científica de alunos de graduação e pós-graduação, com ênfase no Programa de Pós-Graduação em Oncologia Molecular do HCB, que confere o título de mestrado e doutor em oncologia”, finalizou.

Sobre

Veja também

Obras de reforma do Hospital Regional de Gurupi passam por vistoria

Como parte da implantação do Plano Diretor Estratégico (PDE) no Hospital Regional de Gurupi, o …