Home / Healthcare Management / Gente e Gestão / Grupo São Marcos anuncia aquisição da Martins & Godoy Medicina Diagnóstica

Grupo São Marcos anuncia aquisição da Martins & Godoy Medicina Diagnóstica

Compra reforça estratégia de posicionamento em regiões metropolitanas e oferta de serviços complementares em um só lugar

Em continuidade ao seu Plano de Expansão, o Grupo São Marcos (LSM) acaba de adquirir a Martins & Godoy Medicina Diagnóstica, especializada em diagnóstico por imagem, com forte atuação e líder na Região Norte da grande BH. A expectativa é de que a unidade some 20 milhões à receita anual do grupo, estimada em R$ 260 milhões em 2018. Os valores da negociação não são divulgados.

Seguindo o objetivo de se posicionar entre os cinco maiores players do setor até 2021 – atualmente, o LSM detém 30% do mercado de análises clínicas da RMBH –, a ação reforça a presença do Grupo em uma região metropolitana relevante, com quase 800 mil habitantes. A estratégia é diversificar sua base geográfica por meio de um processo de consolidação de empresas com cultura semelhante e ampliação do portfólio dos exames de imagem. Além disso, é mais um movimento para oferecer ao cliente serviços relacionados em um só lugar, com um programa completo de atendimento.

Fundada em 1993, a Martins & Godoy possui estrutura completa em radiologia, raio-x dental, ultrassom, mamografia, ressonância magnética, tomografia computadorizada, medicina nuclear e endoscopia, exames contrastados, tendo em seu corpo clínico referendado o principal diferencial. Os serviços serão mantidos e haverá disponibilidade dos outros serviços do LSM, como exames de análises clínicas e vacinas.

De acordo com o presidente executivo, Ricardo Dupin, a reputação e o pioneirismo da empresa nas áreas de diagnóstico e exames de imagem foram os principais fatores decisivos ao integrá-la ao Grupo LSM. Ressalta o executivo que todos os médicos fundadores permanecerão como médicos atuantes do corpo clínico. Atualmente, a clínica realiza cerca de 900 atendimentos por dia, com ticket médio acima de R$ 100,00. A partir do cross selling, o LSM pretende ampliar o número de atendimentos.

Processo de expansão

Em 2017, foi celebrada a compra da empresa de diagnóstico por imagem Elcordis e do laboratório referência em exames de anatomia patológica e citologia Dairton Miranda, ambos na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Além disso, o grupo Lab Hormon, com 11 unidades na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), também passou a integrar o São Marcos. Recursos de R$ 40 milhões foram empregados.

O diretor executivo do Laboratório São Marcos, Ricardo Dupin, está à disposição para mais informações. No LSM desde setembro de 2016, o médico já atuou como diretor de Produção e B2B da DASA (2015-2016) e VP de Medicina Diagnóstica do Hermes Pardini (2010-2015).

 

Grupo São Marcos

– 57 unidades na RMBH; 14 com serviço de vacina;  9 com serviço de imagem

– 11 unidades na RMSP.

– Receita bruta estimada para 2018: R$ 260 milhões.

– Crescimento médio do faturamento anual (2003 a 2017): 35% a.a (cagr)

– 1,2 mil funcionários/ Projeção de vagas até 2021: 1.600

– Mais de 4 mil tipos de exames em áreas como bacteriologia, bioquímica/hormônio, hematologia, imunologia, parasitologia, urinálise, biologia molecular e genética e imagem;

– 12 milhões de exames em 2017 / capacidade para 30 milhões de exames ao ano.

– Segundo estudos do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), a demanda por exames deve mais que dobrar no Brasil até 2030.

RMBH e Vetor Norte

– Atualmente, a Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) é a terceira maior do país, com 5,9 milhões de pessoas, de acordo com o IBGE.

– Dados da Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte (Prodemge), o Vetor Norte da capital tem cerca de 800 mil habitantes.

Sobre

Veja também

Claudia Toledo, Enrico De Vettori e Gláucio Libório no 100 Mais Influentes da Saúde

A cerimônia de premiação do 100 Mais Influentes da Saúde foi o grande encerramento da …