GRAACC inaugura sala especializada em cirurgia oncológica cerebral


O GRAACC inaugura sala de cirurgia oncológica cerebral que é considerada uma das mais modernas do mundo. O centro cirúrgico foi instalado no Hospital do GRAACC, em São Paulo (SP), que passa a ser a primeira instituição especializada em oncologia pediátrica da América Latina a contar com um equipamento de ressonância magnética exatamente onde a cirurgia acontece. O fato de o equipamento estar dentro da sala de cirurgia aumenta significativamente a segurança, precisão e sucesso do procedimento.

“Para nós, membros de uma ONG especializada em oncologia pediátrica, é um grande passo dispor dessa tecnologia de ponta e poder destiná-la a todos os pacientes que necessitarem de cirurgia cerebral”, afirma Dr. Sérgio Petrilli, superintendente médico e um dos fundadores do GRAACC.

Além da ressonância magnética, a sala tem equipamentos de última geração, como neuronavegador, microscópio pentero, aspirador ultrassônico, entre outros equipamentos para cirurgia neuro-oncológica. Essas tecnologias facilitam o acesso e oferecem visibilidade tridimensional da área com tumor, tornando a cirurgia menos invasiva, mais segura e precisa. Além disso, elas reduzem o tempo de exposição da área operada, contribuindo para minimizar o risco de infecções e lesões em áreas nobres do cérebro.

Segundo Dr. Sérgio Petrilli, mais de 80% dos pacientes do Hospital do GRAACC são encaminhados pelo SUS e serão beneficiados com o novo centro cirúrgico. A primeira cirurgia na sala de ressonância intraoperatória será realizada com um paciente do GRAACC no dia 24 de junho. O neurocirurgião pediátrico Sérgio Cavalheiro, conhecido como pioneiro na realização da cirurgia de mielomeningocele ou fetal no Brasil, conduzirá o procedimento.

Para a construção do centro cirúrgico, que é completamente blindado, o GRAACC contou com doações das empresas JHSF, Fundação Jari e Fundação Stiftelsen Kristian Gerhard Jebsen. A instituição arrecadou e investiu R$10 milhões neste espaço.

Artigo Anterior Cientistas aprimoram diagnóstico precoce de câncer de mama
Próximo Artigo Hospital Unimed Campo Grande inaugura nova UTI