Com mais de 500 obras hospitalares no currículo, Márcio Oliveira é o novo presidente da ABDEH


Com um currículo que conta com o gerenciamento e supervisão de mais de 500 obras hospitalares no Brasil e experiência como consultor do Ministério da Saúde, o arquiteto Márcio Oliveira é o novo presidente da Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar. A Revista HealthARQ preparou um resumo sobre a trajetória que levou o profissional, que em 2015 estará à frente da associação, ao cargo máximo oferecido por ela.

Oliveira conta que uma de suas atuações com o maior destaque foi a passagem pelo Ministério da Saúde entre os anos de 2000 e 2006, onde atuou como consultor no Projeto Reforsus. No ano de 2005, o arquiteto foi o criador e coordenador do Somasus, projeto desenvolvido em parceria com a UFBA e UFSC e que atualmente é utilizado por mais de cinco mil técnicos, principalmente arquitetos e engenheiros em todo o Brasil. Ainda em instituições governamentais, o arquiteto atuou na Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), entre 2009 e 2011, onde seu trabalho ganhou proporções internacionais quando seus projetos de laboratórios foram adotados no País e também na África.

Atualmente, Oliveira é Diretor do curso de arquitetura da Universidade Católica de Brasília, onde coordena também um curso de pós-graduação em arquitetura hospitalar. Além disso, ele presta consultoria à Coordenação Geral de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde, além de manter sua prática profissional desenvolvendo projetos de clínicas e pequenos hospitais. O arquiteto graduou-se na Universidade de Brasília em 1991 e concluiu o seu mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela instituição canadense Mcgill University.

Artigo Anterior Cirurgia acordada permite ações do paciente durante o procedimento
Próximo Artigo Planejamento, experiência e boa gestão auxiliam na diminuição de riscos em obras