Adequações solicitadas pelo Estado adiam inauguração de Hospital Regional de Piracicaba


O governo do estado solicitou à Prefeitura de Piracicaba (SP) adequações no sistema de ar-condicionado para que o Hospital Regional possa ser inaugurado. A obra ficou pronta em abril deste ano, após quatro anos de atraso. A expectativa é que, quando começar a funcionar, o hospital supra a falta de vagas de internação e UTI na região.

O problema na refrigeração foi identificado durante uma reunião entre o prefeito de Piracicaba, Gabriel Ferrato (PSB), e os secretários municipal e estadual da Saúde, Pedro Mello e David Uip, respectivamente. O encontro em São Paulo era para definir um prazo de entrega do Hospital. Adhemar Dizioli Fernandes, diretor técnico da Secretaria Estadual de Saúde, apontou, então, a necessidade de ajustar o sistema de ar condicionado para inserir a unidade nos padrões do estado.

Na ocasião, foi acertado que o governo estadual vai encaminhar o projeto de adequação do sistema de refrigeração à Prefeitura, junto com os recursos necessários. Com o dinheiro e o projeto, a administração municipal precisará abrir licitação para contratar uma empresa que faça o trabalho.

Localizado no bairro Santa Rita, o Hospital Regional terá 126 leitos, além de salas de consultas, enfermarias, Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), e quartos de internação. Inicialmente, a obra foi orçada em R$ 70 milhões, mas seu custo foi recalculado em março de 2014 e passou dos R$ 100 milhões. Segundo a Prefeitura, somente a fase de conclusão custou R$ 16 milhões, sendo R$ 10 milhões em verbas do governo estadual e o restante do Executivo.

Artigo Anterior Campinas ganha novo hospital
Próximo Artigo HGE de Alagoas inaugura novas alas para qualificar tratamento cardíaco e ortopédico

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.