Ética Saúde passa a ter atuação internacional


Instituto é signatário de Coalizão Interamericana de Ética no Setor de Dispositivos Médicos

O Instituto Ética Saúde é um dos fundadores da Coalizão Interamericana de Ética no Setor de Dispositivos Médicos. A cerimônia de assinatura e lançamento foi na terça-feira (21/02), em Bogotá, na Colômbia, durante o Congresso Latino Americano de Compliance 2017.

A Coalizão tem representantes do Brasil, Estados Unidos, Canadá, México, Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Equador e Venezuela. A Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Implantes – ABRAIDI – também participa como signatária.

Os principais consensos definidos no encontro foram: serão atualizados os princípios de Kuala Lumpur sobre Compliance; haverá um alinhamento dos códigos de ética das entidades participantes aos princípios da Coalizão; e os integrantes deverão promover ações concretas de disseminação do conteúdo de seus códigos de ética para os associados, incluindo treinamentos, eventos e outras ações.

O presidente do Conselho de Administração do Instituto Ética Saúde, Gláucio Pegurin Libório, explica que “os participantes da Coalizão deverão trabalhar para promover o diálogo com outros integrantes da cadeia de saúde, como hospitais, médicos, distribuidores, indústria e planos de saúde”.

Durante o Congresso Latino Americano de Compliance 2017, promovido pela Associação de Tecnologia Médica Avançada – AdvaMed – e pela ANDI – Câmara de Dispositivos Médicos e Insumos para a Saúde, Gláucio Pegurin Libório participa do painel “Opiniões sobre o Comportamento Ético nos negócios que envolvem tecnologia médica”, onde vai apresentar o último balanço do Canal de Denúncias do Ética Saúde. Até janeiro de 2017, o Conselho de Ética já registrou 478 denúncias, com 1195 denunciados. Já o presidente do Conselho de Ética, o subprocurador da República, Antônio Fonseca participa do debate “Relações Governamentais e o Código de Ética”.

Anterior App recebe certificação e poderá ser "receitado"
Próximo Segundo MME, nova política de Conteúdo Local reduz percentuais e facilita investimentos

Sem Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *