Centro de Imagem Rede D’Or inicia atividades no Rio de Janeiro


Com o conceito de atendimento especializado e de alta qualidade, o Centro de Imagem Rede D’Or, localizado em Botafogo, inicia seus serviços. No local, estão disponíveis dois aparelhos de ressonância magnética 3 tesla, tomógrafo computadorizado de última geração com 256 canais e, em breve, tecnologia de dupla energia que possibilita a redução da carga de radiação emitida ao paciente, além de obter maior exatidão para caracterizar a constituição das lesões e tecidos. Além disso, há o aparelho de PET/CT, com utilização de radiofármacos mais modernos para identificação de tumores, sendo um suporte importante para o diagnóstico oncológico.

Alguns pilares fundamentam o diferencial do Centro de Imagem Rede D’Or, mas, o ponto de destaque é a qualidade do atendimento, que engloba desde o momento da marcação dos exames até a entrega do laudo radiológico ao médico assistente e ao paciente.

Para tanto, a composição da equipe médica foi pensada a fim de oferecer aos pacientes laudos cada vez mais precisos, por serem oriundos de exames de imagem de altíssima qualidade associados a análises de médicos especialista. Em linhas gerais, os médicos radiologistas, responsáveis pela confecção dos laudos de imagem e condução dos exames, são da especialidade direcionada ao segmento estudado – destaca o coordenador do Centro de Imagem Rede D’Or, Dr. Antônio Eiras.

O agendamento de exames pode ser realizado por pacientes, no local, ou ainda por uma central telefônica exclusiva para os médicos assistentes. Este formato foi idealizado para potencializar a agilidade das marcações, otimizando, inclusive, os agendamentos casos sejam necessários mais de um exame. A filosofia do atendimento ainda contempla ambientes amplos, humanizados e confortáveis. Todos esses aspectos se integram com a proposta de um atendimento de qualidade global aos pacientes e médicos assistentes. A alta tecnologia diagnóstica ainda colabora com as pesquisas e estudos promovidos pelo Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR).

Anterior Indústria critica proposta do governo para Conteúdo Local
Próximo Hospital Unimed Recife III economiza R$6 mi com operação digital

Sem Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *