Hospital Márcio Cunha (MG) inaugura Centro de Reabilitação


Com o propósito de ampliar a atenção integral à saúde dos pacientes em todos os níveis, a Fundação São Francisco Xavier celebra uma importante conquista do Hospital Márcio Cunha para a comunidade do Leste de Minas Gerais: a inauguração do novo Centro de Reabilitação. Braço social da Usiminas nas áreas de saúde e educação, a instituição amplia seu papel de responsabilidade social como instituição filantrópica.

Desde dezembro, a terapia de reabilitação no HMC não está restrita ao ambiente de internação. Com a criação do Centro de Reabilitação, o serviço ambulatorial é realizado por uma equipe interdisciplinar em um só lugar, atendendo a pacientes com problemas neurológicos e ortopédicos, avaliando suas perdas funcionais e estimulando o seu desenvolvimento e recuperação. O time do setor conta com médicos ortopedista e neurologista, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicólogo, fonoaudiólogo, assistentes sociais, nutricionista e enfermeira.

O novo serviço foi concretizado com recursos do Ministério da Saúde por meio do Pronas/PCD (Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde dos Pacientes com Deficiência) e proporciona a continuidade da assistência após a alta hospitalar, quando necessário continuar os tratamentos iniciados no período da internação, de acordo com o plano de cuidados individualizado. Aqueles que se encaixam nos critérios definidos são avaliados e assistidos em regime ambulatorial por toda a equipe multidisciplinar, para definir o plano assistencial a ser aplicado no Centro de Reabilitação.

“Esse serviço permite inclusão social, mais qualidade de vida ao paciente e sua família, ao melhorar as condições físicas e psicológicas e ao contribuir para sua integração nas atividades do dia a dia. Além de evitar a reinternação, uma vez que dá continuidade às atividades necessárias para a reabilitação desses indivíduos”, destaca a coordenadora do Centro, Maria Inês Romano Teixeira. Ela lembra ainda que a participação da família é essencial, seja acompanhando nos atendimentos, na ajuda com os cuidados diários, tendo paciência e permitindo que o paciente exerça sua autonomia, dentro da sua capacidade e apesar das limitações.

“Com o Centro de Reabilitação, o Hospital Márcio Cunha passa a ser o primeiro hospital geral do Leste de Minas Gerais e um dos poucos no estado a oferecer esse serviço totalmente gratuito à comunidade”, comemora o superintendente Geral de Hospitais da FSFX, Mauro Oscar de Souza Lima.

Anterior Siemens reafirma parceria com o setor petrolífero mexicano
Próximo Drone de papel pode revolucionar ajuda humanitária

Sem Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *