Dr. Google ou Dr. Bing auxiliam no diagnóstico precoce de câncer


Uma equipe de pesquisadores da Microsoft encontraram uma nova, e diferente, ferramenta na busca pelo diagnóstico de câncer: as pesquisas na web.

Estudos realizados pela multinacional americana mostram que, baseado na análise das pesquisas realizadas na internet por pacientes, é possível identificar o câncer de pulmão um ano antes dos métodos atuais em mais de um terço dos casos.

Por meio dos dados de pesquisas, os profissionais de saúde conseguem solicitar exames de identificação de câncer mais cedo, além de melhorar as perspectivas de tratamento para o câncer de pulmão, que é uma das principais causas de mortes por câncer em todo o mundo.

Para treinar os algoritmos, os pesquisadores Ryen White e Eric Horvitz utilizaram buscas anônimas feitas no Bing, ferramenta de busca da Microsoft, que indicavam o diagnóstico recente de câncer no pulmão, como perguntas sobre tratamentos específicos.

Posteriormente, eles passaram a analisar o histórico de busca de pacientes para tentar encontrar indícios da doença. Neste caso, foram incluídos termos associados aos sintomas, como bronquite, dor no peito e sangue na expectoração.

Apesar da eficácia, a pesquisa ainda sofre com um número excessivo de falsos positivos. Por outro lado, falsos positivos também aumentam a chance de encontrar alguém que esteja no estágio inicial da doença.

“Esta é uma doença que apresenta sintomas muito gerais e por isso muitas vezes leva algum tempo para que o médico identifique o câncer”, explica Trever Bivona, professor associado de hematologia e oncologia na Universidade da Califórnia, à Bloomberg.

Anterior Einstein participa de encontro que discute sobre gestão em saúde
Próximo Hospital Nipo-Brasileiro realiza simpósio sobre papel do profissional da saúde na segurança do paciente

Sem Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *